Odontologia estética: soluções à sua medida





O sorriso é um elemento muito importante para a nossa imagem, e o estado dos nossos dentes oferece muita informação acerca de nós. Uma boca sã é a nossa melhor carta de apresentação.


A melhor forma de ter os dentes sempre impecáveis é visitar o dentista, pelo menos uma vez por ano. Estas revisões periódicas evitam que possíveis problemas se agravem demasiado, e que as soluções possam ser rápidas e eficazes.

A odontologia estética responde a uma leque de tratamentos que dão resposta às necessidades estéticas da boca.



Branqueamento dentário

Perante casos de escurecimento dental provocado por hábitos como o consumo de tabaco ou café, a Corporación Dermoestética dispõe do tratamento de branqueamento dental com aplicação de laser, conseguindo dissolver e eliminar as manchas, sem afectar o esmalte do dente. Em apenas uma sessão, o paciente recupera a brancura dos seus dentes, podendo recuperar entre dois a três tons de brancura, e pode voltar imediatamente às suas actividades diárias sem qualquer desconforto ou cuidado especial.

Facetas dentais

Um dos problemas que mais frequentemente afectam as peças dentárias são as cáries. Quando este problema não afectou ainda parte importante da estrutura do dente, pode solucionar-se com uma obturação de composite. De forma simples corrige-se a cárie e reconstrói-se a superfície dental.

No entanto, quando o dano é maior e afectou já a estrutura dentária, podem fazer-se reconstruções, totais ou parciais, com facetas e coroas dentais. Este tratamento tem como resultado uns dentes perfeitos e uniformes. No caso da aplicação de facetas dentárias obtém-se um branqueamento e um alinhamento dental perfeitos. As coroas respeitam as cores do dente do paciente para que seja impossível diferenciar entre estas e os originais. As peças ficam perfeitamente fixadas e ao fim de alguns dias da sua colocação não se sente nenhum desconforto.



Implantologia dentária

Os implantes corrigem de maneira eficaz a ausência de peças dentárias. Os implantes dentais, substitutos artificiais das raízes dos dentes naturais, são pequenos parafusos cilíndricos que se colocam no maxilar, superior ou inferior, para que adiram perfeitamente aos dentes. São feitos de titânio, material que se integra perfeitamente com o tecido ósseo.

As vantagens dos implantes dentários são muitas: podem servir de apoio para uma dentadura completa, fazendo-a mais segura e confortável, suster uma ponte fixa ou ajudar na substituição de um só dente sem alterar os vizinhos. E são uma alternativa para as dentaduras que "se movem" ou causam incómodo, além de prevenir situações desconfortáveis por falta de peças dentais permitindo sorrir e falar com confiança.



Ortondontia

Dependendo do problema que o paciente apresenta, o médico determinará o tipo de tratamento mais indicado. Numa primeira consulta, é realizado um diagnóstico que compreende uma historia médica e dentária completa. Um exame clínico, modelos de estudo dos dentes, exames radiográficos e fotográficos, vão determinar o melhor tratamento para o seu caso.

A aparatologia é diversa: podem ser fixos ou removíveis e de uma maneira geral ajudam a mover os dentes, a retrair os músculos e a condicionar o maxilar.

O uso continuado promove uma pressão nos dentes, movendo-os gradualmente até à posição pretendida, que dependendo da complexidade do seu caso poderá demorar mais ou menos tempo. De uma maneira geral, os aparelhos usados hoje, são já muito mais discretos, podendo optar por aparelhos fixos com coloração similar à dos seus dentes, brackets transparentes ou no casos dos removíveis, o médico tenta sempre encontrar uma solução que não lhe condicione a sua vida social (aparelhos de uso nocturno).

Tirando o tempo razoável de adaptação ao aparelho, o incómodo é mínimo e os resultados que se conseguem são tão satisfatórios que todos os nossos pacientes são unânimes em concordar que vale sempre a pena o esforço. Uma dentição alinhada, regular, de encaixe e simetrias perfeitas são o que se pretende... e que se consegue com a Ortodontia.
 


Comente:

Nenhum comentário