Efeitos colaterais de alguns tipos de anestesias odontológicas





As anestesias odontológicas, como todo medicamento, podem causar alguns efeitos colaterais.

A dormência não apenas na região anestesiada, mas em todo o rosto é bastante comum. Ainda que seja uma anestesia local, podem surgir incômodos temporários como a dificuldade para piscar ou para movimentar os lábios.

É comum surgir um pequeno hematoma, às vezes acompanhado de inchaço local, se forem rompidos pequenos vasos sanguíneos durante a aplicação do anestésico.

O hematoma, assim como a dormência e o inchaço, tendem a desaparecer em algumas horas. Caso isso não aconteça, é preciso consultar novamente o dentista.

Pessoas que sofrem de hipertensão arterial e arritmia cardíaca ou que possuem alergia a qualquer uma das substâncias usadas nos diferentes tipos de anestesias odontológicas, devem comunicar isso ao dentista antes da consulta.

Masterize uma habilidade que o ajudará durante toda sua carreira profissional. O domínio da anestesiologia odontológica está fundamentada em 5 pilares:

1 - Dominar o armamentário & instrumental;

2 - Conhecer as soluções anestésicas;

3 - Ter confiança em determinar a dose máxima;

4 - Conhecer todas as técnicas anestésicas;

5 - Saber reconhecer e lidar com complicações sistêmicas e locais. 

Conheça o ótimo curso que esses 5 pilares são abordados de forma didática e direta, com conceitos práticos, apresentados por quem vivem o que ensina - na prática.





Comente:

Nenhum comentário