A Acupuntura no tratamento de Odontologia





A acupuntura, praticada há milênios, é uma das mais conhecidas, e além dos benefícios bastante explorados na medicina, agrega também imenso valor à odontologia.Os dentistas brasileiros já estão se tornando adeptos aos tratamentos dentários associados à acupuntura. A principal vantagem vivenciada e destacada por estes profissionais e também pelos pacientes é sua ação analgésica, que diminui a tensão do paciente frente ao tratamento odontológico.

Derivada dos radicais latinos acus e pungere - que significam ‘agulha’ e ‘puncionar’, respectivamente - visa a prevenção e tratamento de patologias através da aplicação de estímulos em pontos específicos da pele, utilizando-se para isso diversas técnicas que equilibram as energias no organismo. Esses pontos estão situados ao longo de trajetos chamados meridianos, que são canais de energia intercomunicantes espalhados por todo o corpo. Atualmente as agulhas são de aço inoxidável e flexíveis, diferentes das usadas para medicações injetáveis. Essas características permitem aplicação praticamente indolor, sendo de uso único e descartáveis, o que evita qualquer risco de contaminação.

Além da acupuntura sistêmica, que utiliza os meridianos, conhece-se os microssistemas, que são representações de todas as estruturas do corpo, como a orelha, as mãos e os pés. E desde que a prática fixou-se no Ocidente, a acupuntura tem auxiliado em diversas especialidades, inclusive a odontologia. Os efeitos apresentados pela ação da acupuntura são de ação analgésica, anti-inflamatória, relaxante muscular, ansiolítica e antidepressiva.

A prática de terapias integrativas tem se difundido em larga escala, em função dos ótimos resultados obtidos por meio dessas modalidades de tratamento, que são complementares, ou seja, uma ferramenta a mais colocada à disposição do cirurgião-dentista em sua prática diária de consultório.

Devemos levar em consideração que, se os profissionais forem mais conservadores podem não ter tido ainda contato com as referidas práticas, ou ainda, não terem vivenciado nenhuma experiência relativa a esta modalidade de atendimento.

A duração do tratamento varia de acordo com o estado do paciente, a natureza e a gravidade da doença. Usualmente, prescreve-se uma a duas sessões semanais, com duração de 20 a 30 minutos cada. Em odontologia, a acupuntura pode ser usada no condicionamento pré-operatório, durante e após cirurgias, de forma eletiva ou associada. Apresenta mecanismo eficaz na supressão da dor de dente ou de tecidos circunvizinhos; alívio considerável em casos de pericimentite, pericoronarite, periodontite e aftas; e resultados animadores em situações de dor neuropática traumática ou nevralgias (como a do trigêmeo). Utiliza- se analgesia por acupuntura na área odontológica desde 1958, para extrações dentárias.

Comente: