Conselho Federal de Odontologia defende comercial sobre falso dentista





As críticas ao comercial do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que comparava um falso dentista a políticos "ficha-suja", tirado do ar após reclamação do CRO (Conselho Regional de Odontologia) de São Paulo, não são unanimidade entre os profissionais da área, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada nesta quinta-feira pela Folha.

Segundo a coluna, o Conselho Federal de Odontologia vê a peça como "extremamente positiva", segundo seu presidente, Ailton Rodrigues.

"A campanha presta um serviço para a odontologia ao alertar para os falsos profissionais. Alguns deles, inclusive, já se candidataram a prefeito e a vereador no meu Mato Grosso."

O CRO de São Paulo considerou a propaganda ofensiva para a categoria, dizendo-se "indignado frente ao conteúdo veiculado".

"O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo informa a todos os cirurgiões-dentistas que, indignado frente ao conteúdo veiculado em propaganda do TSE, a qual faz uma analogia infeliz que desvirtua a nobre missão do cirurgião-dentista,está tomando as medidas necessárias para a defesa da classe odontológica", diz nota.


Comente:

Nenhum comentário