Alivie as dores causadas pelos primeiros dentes no bebê




Comportamento choroso e irritadiço, falta de apetite, febre baixa e fezes mais amolecidas normalmente são sinais de que os primeiros dentes do seu bebê estão nascendo. O surgimento da dentição ocorre geralmente quando o pequeno atinge os seis meses de idade, e a erupção na gengiva pode ser bem desconfortável, por conta da dor e coceira. "O incômodo só acontece na primeira dentição, e o bebê sofrerá com as dores sempre que um dente novo estiver nascendo", explica a pediatra Sônia Liston, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, em São Paulo. Siga as dicas dos especialistas e veja como aliviar as dores dos primeiros dentes do bebê. 

 

Mordedores

Durante esse período, os bebês sentem necessidade de morder mais, para ajudar a rasgar a gengiva. "A coceira também pode fazer com que eles sintam vontade de ficar constantemente mordendo algo", explica a pediatra Sônia Liston, do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos. Por isso, o ideal é comprar mordedores feitos especialmente para essa fase, disponíveis em diferentes cores e tamanhos. "Outra dica é guardar os mordedores na geladeira - sempre muito bem higienizados - pois a temperatura mais baixa ajuda a anestesiar e aliviar a dor."

pote de gel - Foto Getty Images

Gel anestésico

Se a criança estiver sofrendo muito com a dor, é possível fazer uso de géis anestésicos próprios para o bebê. "Após lavar as mãos, aplique um pouco no gel no seu dedo e massageie a gengiva do bebê", explica a pediatra Sônia. "No entanto, lembre-se que o alivio não é duradouro, e quando o efeito do gel passar o bebê pode voltar a reclamar."

mãe massageando a gengiva do bebê - Foto Getty Images

Massagens na gengiva

Se você não quiser comprar o gel, apenas a massagem nas gengivas já proporciona um alívio no incomodo que o bebê está sentindo. "Envolva o seu dedo em uma gaze embebida em soro fisiológico gelado, para potencializar o alívio", explica o pediatra Vanderlei Wilson Szauter, Coordenador do Pronto Socorro de Pediatria do Hospital e Maternidade São Cristóvão, em São Paulo. "Lembrando da importância de higienizar as mãos antes de colocá-las na boca da criança, para ele não correr o risco de contrair infecções ou doenças."

dedeira de silicone - Divulgação

Dedeiras de silicone

Muitas mães usam as dedeiras de silicone para higienizar as gengivas do filho após a amamentação, enquanto os dentes ainda não nasceram. "Esses instrumentos também funcionam como ótimos massageadores quando o bebê reclamar, e podem inclusive auxiliar na aplicação do gel", diz o cirurgião dentista Mario Groisman, da Academia Brasileira de Odontologia. 

bebê escovando os dentes - Foto Getty Images

Não deixe de higienizar

A higiene da boca deve ser feita desde os primeiros dias de vida, usando uma gaze umedecida para limpar a região. Quando o bebê começar a comer, deve ser feita uma escovação suave com uma dedeira de silicone. "Se causar desconforto à criança durante o nascimento dos dentes, é possível dispensar a dedeira e usar apenas a gaze umedecida e fervida, como nos primeiros dias", diz o dentista Mario. Após a erupção, quando o pequeno começa a sentir coceira nas gengivas, a recomendação é voltar a utilizar a dedeira, que une higiene e alívio. "Nascendo um numero maior de dentes, comece a passar uma escova macia apenas com água ou com creme dental sem flúor." 

mãe dando papinha para o bebê - Foto Getty Images

Prossiga com a alimentação

É normal que a criança sinta menos fome enquanto os dentes estiverem nascendo, por conta da dor. No entanto, é importante prosseguir com a alimentação para manter o sistema imunológico do bebê forte. "Prefira manter uma alimentação pastosa e em temperatura fria", diz o pediatra Vanderlei. 

pai brincando com o filho - Foto Getty Images

Tire o foco da dor

Se você perceber que o bebê se queixa muito, tente distrai-lo com brincadeiras, além de utilizar os mordedores e massagens. "Manter o bebê ocupado com outras atividades fará com que ele esqueça momentaneamente a dor, cessando as reclamações", diz Sônia Liston.




Comente:

Nenhum comentário