Dor de cabeça pode ser caso para odontologia





Bruxismo é um dos causadores do mal

Dores de cabeça durante o sono, ao acordar ou durante o período da manhã somadas à sonolência diurna são sintomas comuns em muitas pessoas. Remédios e soluções imediatas não resolvem, e o que muitos não sabem é que pode ser um problema tratado pelo dentista.

O bruxismo – ou ranger os dentes durante o sono – é um distúrbio que atinge homens e mulheres, e que pode ser uma das causas das dores de cabeça. "O esforço da mandíbula feito durante a noite causa o mal estar e as dores no dia seguinte", explica Dr. Eduardo Rollo Duarte, especialista em Odontologia do sono. "Durante o sono a pessoa pode apertar os dentes ou esfregá-los com força, causando uma fadiga muscular e dores na manhã seguinte". Além da dor de cabeça, o bruxismo causa desgaste dos dentes decorrente da pressão que eles sofrem. "Todo este processo pode causar inflamação e inchaço na gengiva", completa o especialista. 

O ranger de dentes ou a excessiva pressão da mandíbula é sinal de que algo não está certo nos hábitos do paciente. "Pode ser resultado de alguma pressão emocional", diz Dr. Eduardo. "O problema deve ser diagnosticado o quanto antes para que não vire um distúrbio crônico, e assim, muito mais difícil de se resolver".

O que leva ao bruxismo

- Ansiedade e stress;
- Fumo;
- Causas psicológicas – podem ser traumas ou acidentes;
- Distúrbios do sono como ronco e apneia;
- Fatores neurológicos – aumento da adrenalina;
- Fatores externos – medicação como antidepressivos;
- Drogas;
- Consumo exacerbado de álcool e cafeína;

Como prevenir

- Evitar bebidas alcoólicas, cigarros e drogas;
- Evitar ingestão de cafeína, álcool, refrigerante, chocolate e chá preto após às 18h;
- Evitar exercícios intensos – tanto físicos quanto mentais – de 2h30 a 3h antes de dormir.

Recomenda-se 

- A TV deve ficar na sala, evitar colocá-la no quarto. 
 
- A temperatura do quarto deve ser agradável;

- O quarto deve ficar escuro para que o sono possa ser mais tranquilo. 

Tratamento

Pode ser feito através de medicação, placa dental ou ainda fisioterapia orofacial. Esta fisioterapia pode ser feita pelo próprio dentista do sono. Não existe um tempo estimado para a duração do tratamento, isso varia de pessoa para pessoa. "O tratamento dependerá da causa da dor: que pode ser muscular ou articular. Este diagnóstico é feito pelo dentista do sono", completa Eduardo.

Dr. Eduardo Rollo Duarte é dentista formado em Odontologia pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, em Bauru (FOB); Especialista em Periodontia também pela USP – Bauru; Mestre e Doutor em Prótese Dental pela USP – SP com aplicação em distúrbios do sono relacionados à Odontologia.  Dr. Eduardo atende em clínicas em São Paulo, Bauru e Curitiba. www.eduardorollo.com.br / www.dormirbem.zip.net - Clínica Bauru: (14) 3234-6030; Clínica São Paulo: 3034-5511 / 3518-8808


Comente:

Nenhum comentário